PL inclui psicólogos, psicopedagogos e assistentes sociais em escola pública de Boa Vista

por Milene de Oliveira Thomé publicado 28/04/2021 14h37, última modificação 28/04/2021 14h37
A ideia central do projeto é proporcionar a proteção das crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica.

A ideia central do projeto é proporcionar a proteção das crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica.

 

O projeto de lei que inclui psicólogos, psicopedagogos e assistentes sociais no quadro de profissionais da Rede Pública de Educação Básica de Boa Vista foi aprovado nesta quarta-feira, 28, na Câmara Municipal de Boa Vista. O projeto é de autoria do vereador Guarda Jullyerre Pablo (PSL) e assinado pelos colegas parlamentares. O texto seguirá para sanção do Executivo Municipal.

A ideia central do projeto é estabelecer a proteção das crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica. “O acompanhamento da equipe multiprofissional deve ser solicitado sempre que o professor perceber comportamento fora do normal por parte do aluno em relação ao ensino, entre os colegas de turma ou até mesmo com os familiares. Agradeço aos vereadores pela parceria”, ressaltou o Guarda Jullyerre Pablo.

Conforme a proposta, os serviços são para atender as necessidades e prioridades definidas pelas políticas de educação, por meio de equipes multiprofissionais. O atendimento da equipe multiprofissional será voltado para o acompanhamento de alunos da rede pública municipal no âmbito escolar e familiar, caso seja necessário.

O vereador Sandro Baré (PRB) foi um dos que assinou o projeto. Para ele, a iniciativa é muito importante porque adota medidas preventivas e assegura que crianças e adolescentes em situação de violência tenham a assistência adequada. “É um excelente projeto que vai levar segurança para nossas crianças e também para os professores municipais. Parabenizo o vereador Guarda Jullyerre pela iniciativa e a todos os vereadores que votaram para aprovação desse projeto”, comentou Baré.