Vereadores de Boa Vista aprovam quatro projetos em 1º turno

por José Lucas publicado 12/09/2018 15h07, última modificação 12/09/2018 15h07
As propostas devem ir ao segundo turno na próxima terça-feira. Se aprovadas, seguirão para a sanção da Prefeitura de Boa Vista
Vereadores de Boa Vista aprovam quatro projetos em 1º turno

O plenário da CMBV (Danielle Silva)

A Câmara de Boa Vista aprovou nesta quarta-feira, 12, em primeiro turno, quatro Projetos de Lei, de autoria dos vereadores Albuquerque (PC do B) e Vavá do Thianguá (PSD).

As propostas devem ser discutidas e votadas em segundo turno, na próxima terça-feira, 18. Se aprovadas, depender-se-ão da Prefeitura de Boa Vista para tornarem-se leis municipais.

Um dos projetos aprovados é o PL 269/2018, de Vavá do Thianguá, que isenta inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e doadores de medula óssea de pagarem inscrições em concursos públicos de qualquer dos Poderes do Município. A medida vai beneficiar pessoas de baixa renda e estimular a doação de medula.

Do mesmo vereador é o PL 283/2018, que inclui no calendário municipal a mostra de dança do Areruia e do Parixara, e a apresentação da feira dos produtores indígenas do Baixo São Marcos. A intenção é reconhecer a importância das ações das comunidades indígenas, bem como dos eventos realizados em anualmente em abril.

Também é de Vavá do Thianguá o PL 305/2018, que isenta idosos a partir de 60 anos de pagarem inscrição nas competições esportivas em Boa Vista. O objetivo é incentivá-los a praticar esportes.

Por fim, os vereadores aprovaram o PL 292/2018, de Albuquerque, que institui o Dia Municipal do Trabalhador da Construção Civil, como forma de reconhecer o trabalho dos profissionais.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.