Mobilidade urbana e políticas para a segurança pública serão discutidos na Câmara

por José Lucas publicado 29/11/2017 16h29, última modificação 29/11/2017 16h29
Os eventos ainda não têm datas definidas. Autoridades locais e sociedade participarão dos debates
Mobilidade urbana e políticas para a segurança pública serão discutidos na Câmara

O plenário da CMBV nesta quarta-feira (Foto: Alef Barros/Secom CMBV)

Em turno único, a Câmara de Boa Vista aprovou nesta quarta-feira, 29, requerimentos que solicitam duas audiências públicas para discutir a mobilidade urbana e as políticas públicas para a segurança pública. Os eventos ainda não têm datas definidas.

Aprovado por 16 votos, o requerimento 99/2017, dos vereadores Ítalo Otávio (PR) e Idazio da Perfil (PP), pede audiência sobre a mobilidade urbana. Para o debate, serão convidados representantes da Prefeitura de Boa Vista e o secretário nacional de Gestão de Programas de Transportes, Luciano Castro.

“Temos acompanhado algumas motivações em redes sociais, taxistas que querem participar desse debate. Esta Casa vem demonstrando enorme flexibilidade em colocar discutir diversos assuntos em pauta. Acredito que, pelo fato de ano que vem, se aplique um projeto piloto de mobilidade urbana no Município, essa é a hora que as pessoas têm para debatê-lo”, disse Otávio.

Por sua vez, o requerimento 100/2017, do vereador Júlio Medeiros (Podemos), solicita audiência sobre as políticas para a segurança pública. O documento foi aprovado por 17 votos.

“É necessária uma ampla discussão com os órgãos de segurança, a sociedade organizada e os poderes constituídos para que sejam traçadas metas para combater os graves problemas que comprometem a segurança em Boa Vista”, justificou o vice-presidente da Casa.

Para a audiência, serão convidados representantes da Prefeitura, do Governo de Roraima, do Tribunal de Justiça do Estado, da Defensoria Pública Estadual, da Polícia Federal, da Ordem dos Advogados do Brasil em Roraima e conselheiros tutelares.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.