Câmara autoriza Prefeitura a chamar 102 pessoas do concurso da Educação de 2014

por José Lucas publicado 03/04/2018 14h25, última modificação 03/04/2018 14h25
Cento e duas pessoas do cadastro de reserva do concurso da Educação municipal, realizado em 2014, irão assumir o cargo de assistente de aluno
Câmara autoriza Prefeitura a chamar 102 pessoas do concurso da Educação de 2014

O plenário da CMBV nesta terça-feira (Patrício Bispo)

O plenário da Câmara de Boa Vista aprovou nesta terça-feira, 3, Projeto de Lei da Prefeitura de Boa Vista que aumenta de 418 para 520 o quantitativo de assistentes de aluno no quadro efetivo do Poder Executivo. O texto volta para a prefeita Teresa Surita (MDB), que irá sancioná-lo.

Na prática, o PL permitirá que 102 pessoas do cadastro de reserva do concurso da Educação municipal, realizado em 2014, sejam chamadas a exercer suas funções.

O projeto autoriza a Prefeitura a substituir, progressivamente, os assistentes de aluno selecionados por meio de processo seletivo da Educação, realizado em 2017. Cada concursado receberá o salário de R$ 1.260,00.

Segundo a Prefeitura, a ideia é melhor atender a população, tendo em vista o aumento do número de alunos nas escolas e a inauguração de novas unidades escolares municipais.

A proposta, segundo o Executivo, irá “melhorar a qualidade de ensino” de Boa Vista. “Esse projeto vai gerar empregos e fortalecer a economia da capital”, frisou o vereador Zélio Mota (PSD), líder da Prefeitura na Câmara.

Para ir ser votado no plenário, o projeto precisou dos pareceres favoráveis das comissões de Legislação, Justiça e Redação Final, de Educação, Cultura, Esporte e Juventude, e de Economia, Finanças e Orçamento. Além disso, um requerimento aprovado na semana passada garantiu rapidez à tramitação da proposta na Câmara.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.